PROTEJA-SE CONTRA A GRIPE

13/03/2018

A doença Influenza (também conhecida como Gripe) é uma infecção virótica causada pelos vírus da Influenza A ou B.
É uma doença altamente contagiosa e quando causada pelos vírus da Influenza A, pode ocorrer de forma epidêmica. Atualmente, podemos estar vivenciando o início de uma epidemia pelo vírus da Influenza A H1N1, o vírus da gripe suína.

Os vírus Influenza (incluindo o H1N1) são bastante contagiosos e podem apresentar quadros com sintomas intensos, mas no geral é uma doença com baixa taxa de mortalidade.

O quadro clínico da Influenza é de febre, tosse, prostração e dores musculares, raramente ocorrendo dor de garganta e coriza. A maioria dos sintomas dura, em média, uma semana e a doença regride sem a necessidade de tratamento específico para o vírus; um grupo de pacientes mantém o quadro febril e desenvolve um quadro grave respiratório, conhecido como Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Estas complicações durante a infecção pelo vírus Influenza ocorrem principalmente em alguns grupos de pessoas, chamados grupos de risco. São elas os bebês com menos de 2 anos, as gestantes durante toda a gravidez, os idosos (acima de 65 anos)  e as pessoas com doenças crônicas graves ou com imunodepressão.

A transmissão ocorre diretamente, através da aspiração do vírus expelido pela tosse de uma pessoa contaminada, ou indiretamente, através de objetos como lenços ou pelo contágio através das mãos de uma pessoa contaminada ou de uma pessoa que entrou em contato com uma pessoa infectada. A doença ocorre durante os meses mais frios, geralmente de abril a setembro no hemisfério sul.

O que fazer se você estiver com sintomas gripe:
– A princípio, não há razão para pânico. A maior chance é que a doença não leve a complicações. Se os seus sintomas forem muito intensos, se você não conseguir controlá-los com analgésicos ou se você se sentir inseguro, procure o atendimento médico;
– Use analgésicos para combater a febre e hidrate-se bastante;
– Proteja outras pessoas da sua tosse e lave sempre as mãos;
– Se você pertence a algum dos grupos de risco, procure o atendimento médico.

O que você pode fazer para evitar a infecção pelo vírus da Influenza:
A maneira mais segura de prevenção é a vacinação, obrigatória se você pertence a algum grupo de risco ou trabalha na área da saúde.
Existem hoje no Brasil dois tipos de vacina: a trivalente e a quadrivalente, ambas de aplicação intramuscular. Elas são compostas por vírus inativados, purificados, podendo ser usadas a partir dos 6 meses e mesmo por pessoas imunodeprimidas e com alergia a ovos.
O tratamento com Osetalmivir (Tamiflu) está indicado em doença progressiva muito sintomática, especialmente nos grupos de risco.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS